Os Melhores Celulares Custo-Benefício no Brasil

Os Melhores Celulares Custo-Benefício no Brasil

 

Como escolhemos os melhores celulares 2020?

 

A gente sabe que é difícil dizer que um celular é o melhor, em absoluto, para qualquer usuário ou situação. A verdade é que o melhor smartphone para você pode não ser o melhor celular para um amigo seu – tudo depende da sua rotina e das necessidades do seu dia a dia (e, é claro, do preço que você está disposto a pagar).

 

Por isso, em nosso ranking geral de melhores smartphones, dividimos a lista em segmentos, para que você encontre os melhores celulares em diferentes faixas de preço. Confira, a seguir, a lista completa.

 

 

Os 20 Melhores Celulares 2020

 

Os 5 melhores celulares top de linha (acima de R$ 2.500)

  1. iPhone 11 O melhor da Apple com o menor preço
  2. Samsung Galaxy Note 10 Plus O melhor celular top de linha com Android
  3. Samsung Galaxy S10 Plus O melhor custo-benefício em um top de linha
  4. Huawei P30 Pro O melhor celular para fotos com zoom
  5. Xiaomi Mi 9 O melhor celular Xiaomi do momento

Os 5 melhores celulares intermediários premium (entre R$ 1.200 e R$ 2.500)

  1. Motorola One Zoom O melhor celular Motorola em 2020
  2. Samsung Galaxy A80 Celular com câmera giratória
  3. Motorola One Vision O celular com a melhor ergonomia
  4. Xiaomi Redmi Note 8 Um dos celulares mais buscados em 2019
  5. Samsung Galaxy A50 Celular bom para jogos e com TV Digital

Os 5 melhores celulares intermediários (entre R$ 800 e R$ 1.200)

  1. Samsung Galaxy A30s Leitor de digitais sob a tela e câmera tripla
  2. Zenfone Max Shot Celular barato com estabilização eletrônica para vídeos
  3. Moto G7 Plus Estabilização óptica e vídeo em 4K
  4. Xiaomi Redmi 7 Celular barato com câmera dupla e IA
  5. Moto G7 Power Bateria para dois dias de uso

Os 5 melhores celulares básicos (abaixo de R$ 800)

  1. Moto G7 Play Melhor desempenho na categoria
  2. Moto E6 Plus Câmera dupla e visual premium
  3. LG K12 Plus Alta resistência a impactos
  4. Samsung Galaxy A10 Celular barato da Samsung
  5. Xiaomi Redmi Go Android One e preço baixo

 

Os melhores celulares top de linha (acima de R$ 2.500)

 

Os 5 modelos mais avançados para comprar no Brasil compartilham benefícios como câmeras potentes, visual moderno e desempenho de ponta. O preço é salgado – mas, para quem pode investir, certamente vale a pena. Veja os 5 melhores celulares top de linha a seguir.

 

  1. iPhone 11: o melhor da Apple com o menor preço

 

 

 

O iPhone 11 é o melhor celular top de linha do mercado. O processador Apple A13 Bionic promete o melhor desempenho já visto em um smartphone da Apple, e ele também traz uma das câmeras já avançadas da indústria de celulares. O grande destaque fica por conta do Modo Noturno aprimorado, capaz de fazer registros incríveis, que vem conseguindo elogios de especialistas ao redor do mundo.

 

Mas toda a potência do iPhone 11 tem um preço bastante salgado: lançado em setembro de 2019 por R$ 4.999, ele é encontrado em ofertas a R$ 3.995, atualmente. Ainda assim, é bem mais barato do que os "irmãos" iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max, que têm telas OLED e câmera tripla. Para quem não é tão exigente com a tecnologia da tela e não faz questão de uma lente extra, para zoom óptico, o iPhone 11 é a opção mais indicada.

 

Ficha técnica do iPhone 11:

  • Tela LCD Liquid Retina de 6,1 polegadas
  • Processador: Apple A13 Bionic
  • Opções de armazenamento: 64 GB, 128 GB e 256 GB
  • Câmera dupla traseira: 12 MP (f/1.8) + 12 MP (ultra-wide 120°) (f/2.4)
  • Câmera frontal: 12 MP (f/2.2)
  • Cores: preto, verde, amarelo, roxo, vermelho e branco
  • Resistência à água e poeira (IP68)

 

  1. Samsung Galaxy Note 10 Plus é o melhor celular top de linha com Android

 

 

 

O celular mais avançado da Samsung em 2019 é um dos mais completos já vistos no mercado. Ele tem tela AMOLED dinâmica de 6,8 polegadas com bordas extremamente finas e um notch circular no centro, que é bastante discreto e permite que o display tenha um aproveitamento de aproximadamente 91% da área frontal. Com o auxílio da S Pen, esse smartphone vira uma verdadeira máquina de produtividade.

 

A câmera traseira é quádrupla e permite fazer fotos de paisagens (lente ultra-wide), ter um Modo Retrato preciso (sensor de profundidade), zoom óptico em alta resolução (lente teleobjetiva). O sensor principal de 12 megapixels tem abertura variável, o que quer dizer que é possível obter bons resultados em variadas condições iluminação. A gravação de vídeos é outro destaque, com o recurso “Vídeo Foco Dinâmico”, agora é possível gravar imagens em movimento com o fundo desfocado.

 

Ficha técnica do Galaxy Note 10 Plus:

  • Tela AMOLED dinâmica de 6,8 polegadas WQHD+ (19:9) - Infinty-O
  • Processador: Exynos 9825
  • Memória RAM: 12 GB
  • Armazenamento: 256 GB ou 512 GB, expansível via microSD de até 1 TB
  • Câmera principal: quádrupla 16 MP (f/2.2) + 12 MP (f/1.5; f/2.4) + 12 MP (f/2.1) + Sensor de profundidade
  • Câmera frontal: 10 MP (f/2.2)
  • Capacidade da bateria: 4.300 mAh
  • Compartilhamento de bateria
  • Carregamento rápido
  • Sistema operacional: Android 9 (Pie)
  • Leitor de digitais ultrassônico
  • Reconhecimento facial
  • Carregamento reverso (compartilhamento de bateria)
  • Resistente à água IP68
  • Dual chip (entrada híbrida para microSD/Nano SIM)

 

  1. Samsung Galaxy S10 Plus: o melhor celular para selfies

 

 

 

Mais um modelo da Samsung aparece no ranking, dessa vez como o melhor celular para selfies disponível no Brasil é o S10 Plus. Ele conta com um sistema de câmera dupla frontal que entrega excelentes resultados de dia ou à noite. Além disso, a câmera traseira tripla faz um excelente trabalho nos mais diversos ambientes, já que tem uma lente ultra-wide para fotos de paisagens, e uma lente teleobjetiva, para zoom em alta qualidade, além do sensor principal com abertura de lente variável que manda bem em registros sob luz intensa ou em ambientes escuros.

 

O hardware poderoso desse smartphone confere alta velocidade para rodar apps e jogos pesados com alta fluidez e o armazenamento pode chegar a 1 TB, dependendo da versão escolhida. Confira a nosso review completo do Galaxy S10 Plus e conheça também a versão convencional do Galaxy S10.

 

Ficha técnica do Galaxy S10 Plus:

  • Tela AMOLED dinâmica de 6,4 polegadas (19:9) Quad HD+ (3040 x 1440 pixels)
  • Processador Exynos 9820
  • Memória RAM de 8 GB ou 12 GB
  • Armazenamento de 128 GB, 512 GB ou 1 TB
  • Câmera traseira tripla de 12 MP (f/2.4) + 12 MP (f/1.5-2.4) + 16 MP (f/2.2)
  • Câmera frontal dupla de 10 MP (f/1.9) + 8 MP (f/2.2)
  • Bateria de 4.100 mAh
  • Leitor de digitais ultrassônico sob a tela
  • Reconhecimento facial
  • Carregamento reverso (compartilhamento de bateria)
  • Resistente à água IP68
  • Android 9 Pie (Samsung One UI)

 

  1. Huawei P30 Pro é um celular com zoom de até 50 vezes

 

 

 

O Huawei P30 Pro é um celular avançado da fabricante chinesa que surpreendeu em 2019 por trazer um conjunto de câmera quádrupla da Leica capaz até de fazer registros da lua (resultado que é fruto da combinação do seu zoom poderoso de até 50 vezes, com uma ajudinha de inteligência artificial).

 

O P30 Pro tem leitor de digitais sob a tela, display de 6,47 polegadas OLED, memória RAM de 8 GB e armazenamento de até 512 GB. O processador é o Kirin 980, um octa-core de até 2,6 GHz que promete alto desempenho até para as tarefas mais exigentes.

 

Ficha técnica do Huawei P30 Pro:

  • Tela OLED de 6,47 polegadas Full HD+ (2340 x 1080 pixels)
  • Processador Kirin 980 octa-core de até 2,6 GHz
  • Memória RAM de 8 GB
  • Armazenamento de 256 GB
  • Câmera traseira quádrupla de 40 MP (f/1.6) + 20 MP (f/2.2) + 8 MP(f/3.4) + ToF
  • Câmera frontal de 32 MP (f/2.0)
  • Bateria de 4.200 mAh
  • Android 9 Pie (EMUI 9.1)
  • Leitor de digitais sob a tela
  • Carregamento reverso (compartilhamento de bateria)

 

  1. Xiaomi Mi 9: celular top de linha com o melhor custo-benefício

 

 

 

O Xiaomi Mi 9 vendeu mais de 1 milhão de unidades no mundo todo em apenas um mês de lançamento. Entre os destaques, separamos o sistema de câmera tripla traseira, com sensor principal de 48 MP.

 

Além disso, o smartphone tem processador Snapdragon 855 da Qualcomm, que garante desempenho veloz até em tarefas mais complicadas, como em multi-janela e games. Ele é um top de linha com preço bem abaixo do praticado pela concorrência, um verdadeiro campeão em custo-benefício.

 

Ficha técnica do Xiaomi Mi 9:

  • Tela de 6,39 polegadas Full HD+
  • Processador Snapdragon 855
  • Memória RAM: 6 GB, 8 GB ou 12 GB
  • Câmera tripla traseira de 48 MP (f/1.75) + 16 MP (f/2.2) + 12 MP (f/2.2)
  • Câmera frontal de 20 MP (f/2.0)
  • Armazenamento: 128 GB ou 256 GB
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Bateria: 3.300 mAh
  • Android 9.0 Pie (MIUI 10)
  • Leitor de digitais sob a tela

 

Os melhores celulares intermediários premium (entre R$ 1.200 e R$ 2.500)

 

Para quem não pode pagar mais R$ 2.500 em um celular, mas não abre mão de recursos avançados, principalmente no que diz respeito à câmera e desempenho, reunimos os cinco melhores celulares intermediários com características premium. Esse segmento é um dos que mais se destacou no Brasil em 2019, contando com lançamentos de praticamente todas as grandes marcas. Veja a lista a seguir.

 

  1. Motorola One Zoom é o melhor celular intermediário premium em 2019

 

 

 

O One Zoom é o melhor celular Motorola em 2019, e conta com quatro câmeras traseiras. O sensor principal de 48 MP tem a tecnologia Quad Pixel para melhorar a sensibilidade à luz, enquanto a lente ultra-wide com sensor de 16 MP permite enquadrar paisagens ou muitas pessoas em uma foto. Já a lente com zoom óptico e estabilização óptica (OIS) permite fotografar cenas distantes com alta qualidade, e o sensor de profundidade de 5 MP auxilia no Modo Retrato. Para selfies, são 25 MP, também com o recurso Quad Pixel, o que resulta em fotos ricas em detalhes.

 

Esse é o único smartphone do portfólio da marca em 2019 a trazer tela OLED, que além de ser mais econômica e entregar cores mais vivas, permite a implementação de um sensor de impressões digitais embutido, que entrega segurança e maior praticidade no desbloqueio.

 

Ficha técnica do Motorola One Zoom:

  • Tela OLED de 6,4 polegadas (19:9) Full HD+
  • Processador Snapdrgaon 675 (octa-core de até 2 GHz
  • Memória RAM de 4 GB
  • Armazenamento de 128 GB (expansível em até 1 TB via microSD)
  • Câmera quádrupla traseira: 48 MP (f/1.7) (Quad Pixel) (OIS) + 16 MP ultra-wide (f/2.2) + 8 MP (f/2.4) (Zoom óptico) (OIS) + 5 MP (f/2.2) (profundidade)
  • Câmera frontal de 25 MP (f/2.0) (Quad Pixel)
  • Vídeo: 4 K @ 30 fps
  • Bateria de 4.000 mAh
  • Sistema operacional: Android 9 Pie
  • Leitor de digitais embutido

 

  1. Samsung Galaxy A80: celular com câmera giratória

 

 

 

Se você gosta mesmo é de testar as novidades mais inusitadas, vai encontrar no Galaxy A80 um módulo de câmera giratória bastante interessante. O recurso permite utilizar a câmera tripla com sensor principal de 48 MP para tirar fotos convencionais ou selfies de alta qualidade e nitidez.

 

O desempenho também promete não apresentar nenhum engasgo com o processador Snapdragon 730 e nada menos do que 8 GB de memória RAM. Esse promete ser um excelente celular para jogos. Um ponto de atenção é o tamanho desse celular: com tela muito grande, ele pode incomodar quem tem mãos pequenas ou costuma usar o smartphone com apenas uma mão.

 

Ficha técnica do Galaxy A80:

  • Tela de 6,7 polegadas com resolução Full HD+ (2400 x 1080 pixels)
  • Processador Snapdragon 730 octa-core de 2,2 GHz
  • 8 GB de memória RAM
  • 128 GB de armazenamento
  • Câmera tripla giratória de 48 MP (f/2.0) + 8 MP (f/2.2) + ToF
  • Leitor de impressões digitais sob o display
  • Bateria de 3.700 mAh com carregamento rápido de 25W
  • Android 9 Pie

 

  1. Motorola One Vision: o celular com a melhor ergonomia

 

 

 

O Motorola One Vision causa uma boa impressão já em um primeiro contato com sua traseira em vidro 4D e ótima ergonomia devido ao display no formato 21:9. A tela com resolução Full HD+ vai agradar aos usuários que gostam de assistir a filmes e séries pelo celular. O desempenho é destaque com o processador Exynos 9609, octa-core de até 2,2 GHz.

 

Mas o grande trunfo fica por conta das câmeras. São dois sensores na traseira, um de 48 MP e outro de 5 MP que fazem imagens com o Modo Retrato e utilizam a tecnologia Quad Pixel para entregar fotos com altíssima qualidade, já proporciona quatro vezes mais sensibilidade à luz. A estabilização óptica de imagem (OIS) também marca presença no modelo, e a função Night Vision faz melhorias surpreendentes nas fotos tiradas em locais escuros.

 

Veja a nossa análise completa do Motorola One Vision com testes práticos de câmera, bateria e desempenho.

 

Ficha técnica do Motorola One Vision:

  • Tela de 6,3 polegadas Full HD+ (2520 x 1080 pixels) 21:9
  • Processador Exynos 9609 octa-core de até 2,2 GHz
  • Memória RAM de 4 GB
  • Armazenamento de 128 GB (expansível em até 512 GB via microSD)
  • Câmera traseira dupla de 48 MP (f/1.7) Quad Pixel + 5 MP (f/2.2)
  • Câmera frontal de 25 MP (f/2.0) Quad Pixel
  • Bateria de 3.500 mAh
  • Sistema operacional: Android 9 Pie (One Edition)

 

  1. Xiaomi Redmi Note 8: um dos celulares mais buscados em 2019

 

 

 

O Redmi Note 8 mantém câmera com sensor principal de 48 MP para fotos do Redmi Note 7, mas conta com mais duas lentes para aumentar as possibilidades em fotografia. O conjunto inclui uma lente macro, para capturar detalhes próximos, e um sensor de profundidade, para aprimorar o Modo Retrato, além da lente grande-angular com sensor de 8 MP.

 

Com processador Snapdragon 665, o Redmi Note 8 promete bom desempenho para a maioria dos usuários, e deve lidar bem com tarefas exigentes do dia a dia. A memória RAM de 4 GB deve ser o suficiente para evitar travamentos ou reinicializações ao executar aplicativos em segundo plano.

 

Ficha técnica do Redmi Note 8:

  • Tela de 6,3 polegadas Full HD+
  • Processador Qualcomm Snapdragon 665 octa-core de até 2 GHz
  • Memória RAM de 4 GB
  • Armazenamento de 64 GB
  • Câmera quádrupla traseira de 48 MP (f/1.8) + 8 MP (f/2.2) + 2 MP (f/2.4) + 2 MP (f/2.4)
  • Câmera frontal de 13 MP (f/2.0)
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Dual chip
  • Bateria de 4.000 mAh
  • Android 9.0 Pie

 

  1. Samsung Galaxy A50: melhor celular com TV Digital

 

 

 

Com câmera tripla e inteligência artificial, o Galaxy A50 se destaca por trazer leitor de impressões digitais sob a tela, característica de celulares top de linha recentes.

 

Ele promete um desempenho sem engasgos com processador octa-core de até 2,3 GHz e memória RAM de 4 GB. Outro ponto alto é que esse celular tem TV Digital para você acompanhar a sua programação favorita da TV aberta em qualquer lugar pela tela Super AMOLED de 6,4 polegadas, que entrega cores vivas e contrastes intensos.

 

Ficha técnica do Galaxy A50:

  • Tela de 6,4” Full HD+ (2340 x 1080 pixels) Super AMOLED
  • Processador octa-core de até 2,3 GHz
  • Memória RAM de 4 GB
  • Armazenamento de 64 GB expansível via microSD de até 512 GB
  • Câmera traseira tripla de 25 MP (f/1.7) + 5 MP (f/2.2) + 8 MP (f/2.2)
  • Câmera frontal de 25 MP (f/2.0)
  • Bateria de 4.000 mAh
  • Sistema operacional Android 9 Pie
  • Leitor de impressão digital sob a tela

 

Os melhores celulares intermediários (entre R$ 800 e R$ 1.200)

 

Para quem tem um uso bastante comum do smartphone e não é tão exigente com inovações ou câmeras, o mercado de celulares intermediários tem boas opções que entregam desempenho agradável e prometem não dar dor de cabeça nas funções do dia a dia. Veja a nossa seleção a seguir.

 

  1. Samsung Galaxy A30s tem leitor de digitais sob a tela e câmera tripla

 

 

 

Quem busca um intermediário com recursos avançados e um preço bacana encontra uma boa opção no Galaxy A30s. A evolução do A30 traz três câmeras traseiras, com lentes para ângulo aberto e mapeamento de profundidade (para Modo Retrato), além de uma principal com sensor de 25 megapixels, que promete boas fotos, além de versatilidade para suas composições.

 

Outro destaque desse smartphone é o leitor de digitais sob a tela, antes presente apenas no Galaxy A50 ou modelos superiores. O recurso oferece maior praticidade para o desbloqueio, além de segurança para o contéudo armazenado no aparelho.

 

Ficha técnica do Galaxy A30s:

  • Tela: Super AMOLED de 6,4 polegadas, resolução HD+ (1560 × 720 pixels)
  • Processador: octa-core
  • Memória RAM: versões de 3 GB ou 4 GB
  • Armazenamento: 32 GB, 64 GB ou 128 GB, com possibilidade de expansão até 512 GB via cartão microSD
  • Câmera traseira tripla: 25 MP + 5 MP (profundidade) + 8 MP (ultra-wide)
  • Câmera frontal: 16 MP
  • Bateria: 4.000 mAh/ recarga rápida (15 W)
  • Sistema operacional: Android 9.0 Pie
  • Leitor de digitais na tela

 

  1. Zenfone Max Shot: estabilização eletrônica para vídeos

 

 

 

A Asus também oferece um conjunto com três lentes traseiras. O sensor principal Sony IMX486 promete fotos com alto nível de detalhes, e você ainda pode tirar fotos de paisagens com a lente de ângulo de 120°. O terceiro sensor é de profundidade, e confere maior precisão às imagens com fundo desfocado (Modo Retrato).

 

Esse celular também tem uma ótima capacidade de carga: 4.000 mAh. O acabamento metálico é bem bacana, mas o notch retangular é menos discreto do que o recorte visto nos celulares da Samsung, por exemplo.

 

Ficha técnica do Zenfone Max Shot:

  • Tela de 6,26 polegadas com resolução Full HD+
  • Módulo Qualcomm Snapdragon SiP1 (Processador octa-core de 1,8 GHz + GPU Adreno 506)
  • Memória RAM de 3 GB ou 4 GB
  • Armazenamento de 32 GB ou 64 GB
  • Câmera tripla traseira de 12 MP (Sony IMX486) + 8 MP (grande-angular) + 5 MP (foco)
  • Câmera traseira de 8 MP
  • Corpo e acabamento em metal
  • Bateria de 4.000 mAh
  • Android 8.1 Oreo

 

  1. Moto G7 Plus: estabilização óptica (OIS) e vídeo em 4K

 

 

 

O Moto G7 Plus trouxe tem desempenho 40% superior à geração anterior (o popular Moto G6 Plus). Ele tem o chip Qualcomm Snapdragon 636 e memória RAM de 4 GB, que garantem bom desempenho até para algumas tarefas mais pesadas e para jogos.

 

A câmera traseira tem estabilização óptica de imagem (OIS), o que colabora para fotos com o mínimo possível de trepidações. O conjunto de lentes e sensores promete bons resultados tanto durante o dia quanto em ambientes mais escuros e à noite.

 

Ficha técnica Moto G7 Plus:

  • Tela de 6,24 polegadas Full HD+ Max Vision (19:9)
  • Processador Qualcomm Snapdragon 636 octa-core de até 1,8 GHz
  • Memória RAM de 4 GB
  • Armazenamento de 64 GB
  • Câmera frontal de 12 MP
  • Câmera traseira dupla de 16 MP + 5 MP
  • Bateria de 3.000 mAh
  • Leitor de digitais

 

  1. Xiaomi Redmi 7: câmera dupla com inteligência artificial

 

 

 

Não confunda o Redmi 7 com o Redmi Note 7. Menos avançado, esse celular concorre no segmento de intermediários comuns, e também já foi um dos celulares mais buscados aqui, no Zoom, em 2019.

 

Alguns destaques são a câmera dupla com IA e a bateria de longa duração (4.000 mAh), que promete aguentar a uma jornada inteira de trabalho e ainda guardar algum fôlego antes de descarregar completamente. A tela tem resolução HD+, o que é um ponto de atenção e pode decepcionar quem costuma ver séries pelo smartphone.

 

Ficha técnica do Redmi 7:

  • Tela de 6,26 polegadas HD+ (19:9)
  • Processador Qualcomm Snapdragon 632 (octa-core de até 1,8 GHz)
  • Memória RAM de 2 GB ou 3 GB
  • Armazenamento de 16 GB, 32 GB ou 64 GB
  • Vídeo: Full HD (1080p) @ 60 fps
  • Câmera frontal de 8 MP (f/2.0)
  • Câmera traseira de 12 MP (f/2.2) + 2 MP
  • Leitor de digitais
  • Reconhecimento facial
  • Bateria de 4.000 mAh

 

  1. Moto G7 Power: celular com bateria para dois dias de uso

 

 

 

O Moto G7 Power é uma ótima opção para usuários que têm rotina agitada e ficam muito tempo longe das tomadas. O smartphone conta com bateria de 5.000 mAh que em nossos testes resistiu bravamente a 40 horas de uso moderado. Mas os destaques não param por aí: o processador Snapdragon 632 em conjunto com memória RAM de 3 GB rendeu boas jogatinas com títulos exigentes, como o PUBG Mobile.

 

E se você puder investir um pouco mais, existe até uma versão turbinada do smartphone que traz memória RAM de 4 GB e mais espaço para arquivos. Agora, é importante prestar atenção nesse detalhe: as fotos não são o forte desse aparelho. Suas câmeras traseira e frontal entregam resultados bem medianos, mesmo quando a luz está favorável.

 

Ficha técnica do Moto G7 Power:

  • Tela de 6,2" HD+ Max Vision (19:9)
  • Processador octa-core de até 1,8 GHz (Snapdragon 632)
  • Memória RAM de 3 GB ou 4 GB
  • Armazenamento de 32 GB ou 64 GB (expansível via microSD)
  • Câmera frontal de 8 MP (f/2.2)
  • Câmera traseira de 12 MP (f/2.0)
  • Leitor de impressões digitais
  • Bateria de 5.000 mAh
  • Android 9.0 Pie

 

Os melhores celulares de entrada (abaixo de R$ 800)

 

O orçamento está apertado? Quer um smartphone mais básico, apenas para ligações, mensageiros e e-mail? Então, dê um Zoom nos smartphones a seguir e encontre os melhores celulares baratos em 2019.

 

  1. Moto G7 Play é o melhor celular por menos de R$ 800

 

 

 

O Moto G7 Play é um dos celulares mais básicos da Motorola em 2019. Mas não se engane, ele tem um bom desempenho até para jogos (basta não abusar na qualidade dos gráficos).

 

Se você não pode investir em um smartphone mais avançado, esse aparelho promete não decepcionar em tarefas intermediárias, já que traz o mesmo processador do Moto G7 e Moto G7 Power, modelos mais caros da linha.

 

Ficha técnica do Moto G7 Play:

  • Tela de 5,7 polegadas HD+ Max Vision (19:9)
  • Processador Qualcomm Snapdragon 632 (octa-core de até 1,8 GHz)
  • Memória RAM de 2 GB
  • Armazenamento de 32 GB (expansível via microSD)
  • Câmera frontal de 8 MP (f/2.2)
  • Câmera traseira de 13 MP (f/2.0)
  • Bateria de 3.000 mAh
  • Android 9.0 Pie
  • Leitor de digitais

 

  1. Moto E6 Plus: câmera dupla e visual premium

 

 

 

Lançado em setembro de 2019, o Moto E6 se destaca pela câmera dupla de 13 MP + 2 MP, que promete registrar boas fotos no dia a dia, para usuários pouco exigentes, e ainda conta com o Modo Retrato, para imagens com o fundo desfocado.

 

O desempenho é básico, com processador MediTek Helio P22 e memória RAM de 2 GB, e também não há muito espaço interno para arquivos (apenas 32 GB). Esse celular é indicado para tarefas básicas, como navegação na Internet, checagem de e-mail e reprodução de música.

 

Ficha técnica do Moto E6 Plus:

  • Tela de 6,1 polegadas Max Vision HD+
  • Processador: MediaTek Helio P22 (octa-core de até 2 GHz)
  • Memória RAM de 2 GB
  • Armazenamento de 32 GB (expansível até 256 GB)
  • Câmera traseira dupla de 13 MP (f/2.0) + 2 MP (f/2.0)
  • Câmera frontal de 8 MP (f/2.0)
  • Bateria: 3.000 mAh
  • Sistema operacional: Android 9 Pie

 

  1. LG K12 Plus: melhor celular básico com resistência a impactos

 

 

 

Os mais desastrados podem encontrar uma boa opção de smartphone barato e resistente no LG K12 Plus. O celular tem a certificação militar MIL-STD 810G, assim como o seu popular antecessor, LG K11 Plus. Isso significa que ele tem proteção contra impactos acidentais.

 

O LG K12+ também se destaca pelas câmeras com inteligência artificial, capazes de identificar automaticamente até seis tipos de cena para otimizar a captura e entregar a melhor foto.

 

Ficha técnica do LG K12 Plus:

  • Tela de 5,7 polegadas, 18:9 HD+
  • Processador de MediaTek octa-core de até 2 GHz
  • Memória RAM de 3 GB RAM
  • Armazenamento de 32 GB (expansível em até 2 TB via microSD)
  • Câmera principal: 16MP com Foco Rápido Automático PDAF e Inteligência Artificial
  • Câmera secundária: 8MP (Flash LED) com Inteligência Artificial
  • Bateria: 3.000mAh
  • Resistência Militar com certificado MIL-STD 810G
  • Botão Google Assistente
  • Leitor de digitais

 

  1. Samsung Galaxy A10: celular barato da Samsung

 

 

 

A Samsung mudou sua estratégia no segmento de celulares intermediários e agora traz modelos de especificações mais básicas na linha Galaxy A, sendo o Galaxy A10 o aparelho mais barato (e menos potente) dessa nova safra. O destaque fica por conta de uma tela ainda maior, de 6,2 polegadas, com resolução HD+ e da câmera traseira com abertura f/1.9, que deve entregar fotos razoáveis quando a iluminação não ajudar.

 

O telefone concorre com o Moto G7 Play, da Motorola, com um processador ligeiramente inferior, e deve entregar bom desempenho nas tarefas do dia a dia, como navegação em redes sociais, reprodução de música e troca de mensagens.

 

Ficha técnica do Galaxy A10:

  • Tela de 6,2 polegadas HD+ (1520 x 720 pixels) TFT
  • Processador octa-core de até 1,6 GHz
  • Memória RAM de 2 GB
  • Armazenamento de 32 GB expansível via microSD de até 512 GB
  • Câmera traseira de 13 MP (f/1.9)
  • Câmera frontal de 5 MP (f/2.0)
  • Bateria de 3.400 mAh
  • Reconhecimento facial
  • Sistema operacional: Android 9 Pie

 

  1. Xiaomi Redmi Go: melhor celular com Android Go

 

 

 

Se você está em busca de um smartphone básico, apenas para as tarefas mais simples do dia a dia, como troca de mensagens, checagem de e-mail e ligações, o Redmi Go é uma ótima opção com preço baixo.

 

Esse celular traz o sistema Android Go, que é otimizado para rodar com fluidez em celulares de entrada, com até 1 GB de memória RAM. Isso quer dizer que você não deve ter muitas dores de cabeça com travamentos, apesar da ficha técnica pouco robusta.

 

Ficha técnica do Xiaomi Redmi Go:

  • Tela de 5 polegadas HD (1280 x 720 pixels)
  • Processador quad-core de até 1,4 GHz (Snapdragon 425)
  • Memória RAM de 1 GB
  • Armazenamento de 8 GB, expansível via microSD de até 128 GB
  • Câmera frontal de 5 MP (f/2.2)
  • Câmera traseira de 8 MP (f/2.0)
  • Bateria de 3.000 mAh
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Dual chip

Esta lista foi tirada do site:

Zoom

por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.